Paraty : (24) 3371-4103 | Ubatuba : (12) 9 8850-5061

FLIP 2010

Nordeste de Gilberto Freyre (FLIP 2010)

Izan Petterlede 15 de Setembro à 02 de Outubro de 2010

Esta seção de fotos, publicada na National Geographic de Agosto de 2010, rendeu à edição brasileira o premio “The Best Edit” – a melhor edição do ano dentre todas as publicadas pelo mundo. Ao mesmo tempo em que as fotos foram lançadas na revista, era aberta em Paraty, também, a exposição com as mesmas fotos, aproveitando o ensejo da FLIP e seu tema: Gilberto Freyre. Abaixo um edital de Matthew Shirts, edito da National Geographic Brasil.

Demos uma semana para o Izan Petterle fazer essas fotos. E uma idéia: retraçar a rota feita por Gilberto Freyre ao escrever o livro clássico Nordeste, lançado em 1937. Junto com Maurício Barros de Castro, o autor do texto, Izan trouxe uma reportagem bonita e emocional, que transborda das páginas da edição de agosto da revista National Geographic Brasil. Buscaram na Zona da Mata pernambucana a essência de um período longo da história do país, o da cana-de-açúcar nordestino. Encontraram uma região decadente e uma preocupação precoce do autor de Nordeste com a ecologia. Ainda na década de 1920 Freyre denunciara a devastação do ambiente. Tal como avisara o grande autor, a monocultura tradicional, tocada à base de queimadas, deixara no seu rastro a destruição. Restou pouco da opulência dos usineiros e uma única Casa Grande. As fotos do Izan trazem um retrato rico da decadência de uma região e, tal como acontece com a obra de Freyre, uma mistura de sociologia, gente e saudades.

MATTHEW SHIRTS

NATIONAL GEOGRAPHIC BRASIL